terça-feira, 28 de abril de 2009

AMOR PLATONICO

COMO NO VENTRE DA NOITE...
RENASCER E TE CARREGAR COMO UMA CESTA DE ESTRELAS EM MINHAS COSTAS
AS MANHAS NÃO MAIS CHORARÃO, MESMO SEM O CALOR DO SOL A APARECER
ESCADAS SERÃO AS DESCIDAS, DAS TRISTEZAS, PARA MERGULHAREM NAS ÁGUAS DAS ALEGRIAS
OS SONHOS TERÃO AS REVOADAS DOS ANJOS ,AVISANDO QUE ESTARÃO PRONTOS A LHE ATENDER
A DESCOBERTA DO AMOR , SERÁ COMO A LIBERDADE DE UM PRESIDIÁRIO, EM SEU PRIMEIRO DIA DE LIBERDADE
MEU AMOR BUSCARÁ SEMPRE VOCÊ NA AUSÊNCIA , DAS ALEGRIAS E DAS SOMBRAS ANTES DE CADA ANOITECER
QUERO BRINCAR COM VOCÊ, E COM A VIDA ,COMO CRIANÇA, QUE GANHA SEU PRIMEIRO BRINQUEDO.
QUERO A NOSSA FELICIDADE CANTANDO EM NOSSOS OUVIDOS UMA MUSICA MELODIOSA
AS RIMAS DE AMORES DO PASSADO, COBRIRÃO AS DORES, DOS DIAS AMARGOS QUE NÃO VOLTARAM MAIS
E MEUS OLHOS VAGABUNDOS , AINDA VÃO ENXERGAR SEU CORPO DENTRO DE TODO MEU EXTASE
PODE O MUNDO ME APEDREJAR , QUE NUNCA DEIXAREI DE AMAR .

Nenhum comentário:

Seguidores

PERTO DE DEUS

PERTO DE DEUS
VIDA

Arquivo do blog

POETA DOS POETAS

Minha foto

AMO A ARTE  EM TODA  PARTE  , NAS  LETRAS  NAS  TINTAS  , VIVO  A  ESCREVER  E  A PINTAR  A  VIDA  ,