quarta-feira, 28 de agosto de 2013

'' *** ANDARILHO DAS PALAVRAS

       VOU PELAS  ESTRADAS 
ALAGADAS   DE  RIMAS  , PROSAS  E  VERSOS
NESSE  TÃO  FALADO UNIVERSO
FRAGMENTOS DE  POEMAS QUE  ME COMPLETAM
QUE ME  DEVORAM
VOU ABRINDO PORTAS  , CORTINAS 
DIALOGAR  COM A  NOITE 
E  CUMPRIMENTAR  O DIA
E  SIR A PASSEAR  COM AS  MANHAS
ANSEIO POR  BEIJOS 
QUE  COLOQUE  NOS  TRILHOS 
DESSE  POBRE  ANDARILHO
QUE  AINDA  CARREGA  ALGUMA  DOR 
MAS  QUE  NÃO SE  CANSA  DE  ESCREVER  ..
O AMOR  

terça-feira, 27 de agosto de 2013

** UM PONTO

AILTON POETA

     AINDA  ME  ARRASTO
PARA  CONSEGUIR  UM POUCO , DE SEU  VASTO  MUNDO
SEI  QUE  JORRA  , O QUE  NECESSITO,, PARA  ME  ALIMENTAR
SEU  POUCO  É  MEU  MUITO E  ESSENCIAL
PARA  ME  ESBALDAR
TODO  SEU  MANANCIAL.
SEU  MEL  É  MEU  MAL
ONDE  ME  SINTO 

**** ME ESQUEÇA

AILTON POETA
ME  ESQUEÇA  !

NAO FALE  DO QUE  SOU  CAPAZ
E O QUE EU   PRECISO  FAZER
GUARDE PARA   VOCE AS  OPINIOES
TENHA  PACIENCIA
JA  CHEGUEI AQUI  SOZINHO
EU QUERO  VIVER  MESMO  O MEU  CAMINHO
QUANDO PRECISO  NINGUEM ESTA  AQUI
NAO QUERO  NADA  AGORA
A  UNICA  CERTEZA  É  A  MORTE
E  EU  CORRO DELA  A   MUITO  TEMPO
ATRAS  DE  MIM SÓ A   ARTE
E   MINHA  AMBIÇÕES  APENAS  ESCREVER A VIDA
DESCULPE  A  MINHA  LOUCURA
É  ONDE  ME  SINTO  SOBRIO
NÃO PRECISO  QUE  ME  SIGA
PRECISO  APENAS
QUE  ME  LEIA
ME  DEIXE VIVER APENAS
NO QUE  ACREDITO
EM DEUS

AILTON  POETA

*** MEDO

AILTON POETAO MEDO ,,

DE  OLHAR  PARA  FORA
DA FELICIDADE  QUE DEMORA
DE  ABRIR  AS  CORTINAS
MEDO DA  LUZ
DE MUITO  SOL
MEDO  . DA  VIOLENCIA
DA  INDESCENCIA
D  PERDER  A  HORA  , O TRABALHO
DA  POLUIÇAO
DA  SUJEIRA  DA  BACTERIA , DA  DOENÇA
DA  DOR  , DA  FALTA DE  COR
MEDO DE  CAIR
DE  SANGRAR
MEDO DE  NÃO  CHEGAR
COMER  QUALQUER  COISA , PARA  NÃO ADOECER
MEDO DA  NOTICIA  RUIM
MEDO DE  SER  IGNORADO
MEDO DA  LUTA  SEM  VITÓRIA
MEDO DA  POLUIÇÃO
DO  CHOQUE
DO CORTE
DE  SANGUE
MEDO DE  NÃO SER  AMADO
MEDO DA  FERIDA
MEDO DE  GASTAR , DE  FICAR  SEM
MEDO , DE QUE POSSA
ME  ESQUECER

AILTON  POETA

**** PEDIDO

     A  VOCÊ ..
DIRIA  SE  PUDESSE
SEGREDOS QUE O CORAÇÃO TECE
REVELARIA O AMOR , SE EU QUISESSE
DENTRO DE UMA PRECE
TE AFAGAR DOCEMENTE
MORRER  CONFORTADO EM SEUS  BRAÇOS
OUVINDO O SUSSURRAR DO AMOR EM MEU OUVIDO
E ENTRE TODOS  SEUS PEDIDOS 
DE SER  
SEU  MARIDO

** SÓ MAIS UM BEIJO

     AMANHA ?
NÃO !
HOJE.
QUERO MEU ESPAÇO
NA  PRAÇA 
NA  SUA  GRAÇA 
SEM  FRONTEIRA, SEM PORTEIRA 
BEIJAR SEM  DRAMA  , SEM MEDO ,
 NA SUA OU NA MINHA  CAMA SEM SEGREDO
SEM NINGUÉM A SEGUIR
NÃO PRECISAREMOS  FUGIR
SERMOS  AMADOS 
ATENDER  TODO  CHAMADO
QUANDO DE NOITE 
OU DIA 
PEDIR MAIS  UM BEIJO
ANTES DE SER AMADO 


segunda-feira, 26 de agosto de 2013

** SEU ESCRAVO

    SACIAR  A  SEDE  EM SEU  CORPO
COLAR  EM SEU SUOR
A  DOR  QUE  QUER  CALAR 
SENTIR EXALAR  SEU CIO
NO RIO 
ONDE NÃO TENHO MEDO DE ME  AFOGAR
SENTIR DE NOVO O SABOR DOS  BEIJOS
BRINCANDO EM MINHA  PELE ALVA 
NO RITMO 
DO CORAÇÃO , QUE  NÃO SE  ACALMA 
ME  ABRAÇA , ME  ENVOLVE
NESSA  ÂNSIA DEVASSA
ME  MASTIGA
NE  CASTIGA
ME  DECORA 
NÃO VÁ  EMBORA 
QUERO SER ESCRAVO
DE SEU  CORPO

** O QUE SOU SE NÃO ..

     A  PALAVRA
A  RIMA  
A  SILABA 
A  VOZ 
O SOPRO  
O GRITO
O AR  
O SANGUE 
O RESPIRO , 
O SUSPIRO
O PASSO 
A ESPERANÇA 
A  BUSCA 
O VELHO 
A  CRIANÇA
O RIO
A  AGUA 
O LUTA 
A LUTA 
A  BRIGA 
A  FORÇA
O JEITO 
O SONHOS
PARTE      DE  DEUS 

domingo, 25 de agosto de 2013

** DENTRO DO SILENCIO

          QUERO APENAS  UM  LUGAR 
PARA  ESCUTAR  , O SUSSURRAR DO  SILENCIO
PARA QUE A DOR  ME ENTENDA
PARA QUE O AMOR  ME  PERDOE
E FEITO UMA ESTRELA 
DEIXAR QUE SE PERCA EM MINHA IMENSIDÃO
E QUE  VAGUE  NO ESPAÇO DE  MINHA  SOLIDÃO
POIS  AINDA VOU PENETRAR 
SEM PRESSA 
MINHA VIDA EM SEU  CORAÇÃO

**** ME LEBERTAR

       QUERO  PODER  VOAR..
  ALEM DOS ESPAÇO DE SEUS  LÁBIOS

BRINCAR ..
 NAS  CAMINHOS DE SEUS  ABRAÇOS

SEM PRESSA DEIXAR  MINHAS  MÃOS  NADAREM 
NO MAR DE SEUS  CABELOS

E VOAR SEM MEDO 
NOS  SEUS  SONHOS  PARA , NOS  LIBERTAR 

E  ESTAR TODA  MANHA
NA LUZ DE SEU  OLHAR 



AILTON O POETA

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

RELEMBRAR

AILTON POETA

RELEMBRAR 

ESPALHO EM MEU CAMINHO 
AS SUAS CORES QUE CONHEÇI
MESMO QUE ME TORTURE
VOU SEGUIR PELAS FOTOGRAFIAS 
RELEMBRAR OS CARNAVAIS
NÃO LEMBRO AS MUSICAS
MAS O ECO DE SUAS GARGALHADAS
E O SABOR DE SUA PELE
NÃO VOU MAIS GASTAR MEUS CARINHOS
A SE MINHAS MÃOS FALASSEM
E SE MINHA PELE ESCREVESSE
O MUNDO IA DESCOBRIRIA
O QUE EU JA ESQUECI
E SABERIA
PORQUE O CEU ERA MAIS AZUL
O SOL ERA MAIS QUENTE
E O AMOR
MAIS SENTIDO 

VOU ,,POR AI

AILTON POETA

VOU QUEBRAR O TEMPO
NADA VAI ME PARAR 
VOU ENGANAR MEU MEDO
ESCREVER SUA MEMORIA..
ACALMAR MINHA ANSIEDADE
VOU ACORDAR SUA ALEGRIA 
VIOLENTAR SUA VONTADE
NÃO DEIXAR NADA LONGE DE SEU OLHAR
REVELAR SEUS SEGREDOS
DERRAMAR EM VOCE MEU SORRISO
ATE QUE ACORDE O AMOR

AILTON POETA

VOU POR AI

AILTON POETA

VOU  POR  AI
PRESTO ATENÇÃO
MAS  NO ESCURO  NÃO ENCONTRO  SUA  LUZ
SINALIZE
ME  DIVIRTA
MATE  A  MINHA  FOME
E
PELA  JANELA
VOCE  NÃO PASSA
TUDO  PASSA
AS  CRIANÇAS ,
AS  ESTAÇÕES
MAS  NÃO  SUAS  CORES
E  EU  VOU CANTAR  PARA  QUEM  ?
ONDE  VOCE :
VOU ANDANDO
MAS  VOCE  NÃO VEM ANDAR  :
CANSADO , VEM  QUERO  ME  ENTENDER
FALTA  ALGUEM  AQUI  DO LADO
EU  VEJO  TUDO FOSCO
ONDE
MINHA  ALEGRIA  , MEUS  DESEJOS  MEUS  SONHOS
PRECISO  ACORDAR
E VOCE  NÃO VEM  ME  BEIJAR
QUERIA  TANTO ..
AMAR

AILTON POETA

AMIGOS E AMORES

AILTON POETA

AMIGOS E AMORES 


OS AMIGOS 
OS SONHOS
OS AMORES 
QUANTOS EU AINDA CARREGO
QUANTOS AINDO POSSO COLORIR
NÃO SEI SE ERAM O QUE QUERIA
QUANTOS NÃO ENTENDI
QUANTOS NÃO CONSEGUI AMAR
QUANTOS ENGANEI
QUANTOS DEIXEI
QUANTOS NÃO PUDE MOSTRAR O QUE
EU REALMENTE ERA
O QUANTO EU AMAVA
QUANTAS VERDADES ESCONDIDAS
E QUANTOS EU CONSEGUI
TRAZER ATE AQUI

AILTON POETA

O QUE TENHO

AILTON POETA

QUE O MEDO QUE TENHO 
NÃO ME DEIXE DE TE BUSCAR


QUE O MEU GRITO
FAÇA SEU AMOR ME ESCUTAR 

QUE O SEU PRA SEMPRE
EU POSSA USUFRUIR AGORA

QUE SEU TUDO
POSSA SABOREAR HOJE

QUE O QUE OUÇO DO SEU AMOR
NÃO ME CALE EM SEU DESEJO

QUE O ESPELHO
NÃO ESCONDA O REFLEXO DO AMOR QUE SINTO

QUE A ALEGRIA
NÃO CALE O MEU AMOR QUE CHORA

QUE MEU CANTO
SEU CORAÇAO POSSA OUVIR ,,QUE TE AMO



AILTON O POETA

TUDO PASSA

AILTON POETA



TUDO PASSA

TENHO MEDO DE IR EMBORA
NÃO SEI SE ME ACEITARA DE VOLTA
O MUNDO NÃO SABE O AMOR QUE SINTO
A DOR PASSA 
MAS NÃO VOCE
SE LEMBRAR , NÃO ESQUEÇA
O SOL VEM TODO DIA
NÃO POSSO IMPEDIR DE VOCE TAMBEM BRILHAR
TUDO PASSA
MAS LEMBRE SE VOCE NÃO PASSA
EU QUERIA TE CONHECER MELHOR
PARA ME AGARRAR A FELICIDADE
EU PERDI O TREM
FIQUEI SO NA ESTAÇÃO
SE PUDER VOLTE
SE NÃO PUDER ESQUEÇA
VOU ESQUECER
NÃO POSSO IMPEDIR DA SAUDADE ME VISITAR
MAS ACREDITO
TUDO VAI PASSAR

AILTON O POETA

MAIS QUE SAUDADE

AILTON POETA

ONDE ANDOU ?
ME FALE DAS DORES ,
DAS FLORES 
DAS CONQUISTAS 
QUEM ENCONTROU 
JA DESISTIU DE SONHAR ?
MUITAS JURAS DE AMOR
ONDE DECIDIU FICAR
E OS AMIGOS
QUANTOS TE DEIXARAM ,
ESQUECERAM
QUANTOS TE ENTENDERAM
MENTIU ?
SORRIU ?
SENTIU?
QUANTAS CANÇOES
QUANTOS SONHOS
CAMINHOS E ATALHOS
E ATE AQUI CHEGOU
E OS AMORES
MORRERAM ?
NÃO TE ENTENDERA,
ENTAÕ SEJA APENAS

VOCE



AILTON POETA

MARCAS

AILTON POETA


EU CONHEÇO SUAS MARCAS 
NUNCA SENTI SUA AUSENCIA 
SUA LUZ ME ORIENTA 
A SOLIDÃO NÃO ME FREQUENTA 
AGORA 
NÃO ME FALE DELA 
POI JÁ CONHEÇO SUAS DORES
A SUA ALEGRIA NÃO É POUCA
QUANDO ELA NÃO ESTIVER POR PERTO
CANTE APENAS
OU RIA APENAS
POIS ELA SÓ ME ENSINOU
A CANTAR O AMOR

AILTON POETA

LONGE DO SILENCIO

AILTON POETA

NÃO GOSTO DO SILENCIO
NEM TÃO POUCO DA DISTANCIA 
NÃO ME IMAGINO SEM VOCE 
VEM DANÇAR A VIDA 
PRECISO RECOMEÇAR 
PRECISO BRINCAR 
TENHO PLANOS
TENHO AMOR
AINDA ESTOU LONGE
SEI QUE DISTANTE
A VONTADE É APENAS VOCE
VONTADE DE ME ENCONTRAR
DE ME ENTENDER
E DE .

TE AMAR


AILTON O POETA

VIVA

AILTON POETA






VIVA ...

ME ! COMO SE O AMANHA NÃO VIESSE 
SUBA! , SEM MEDO DE CAIR 
LEVANTE !SEM MEDO DE VOAR 
OLHE !MESMO SEM ENTENDER
SABOREIE.! MESMO QUE ESTEJA SALGADO
GARGALHE !MESMO SEM ENTENDER
VOE !COMO SE FOSSE O PENSAMENTO
CORRA ,! COMO SE FOSSE GANHAR
SE APIXONE COMO SE FOSSE , SER ACEITO
BEBA! COMO SE NÃO FOSSE EMBEBEDAR
VIVA !!SEM MEDO DE ENVELHECER

AILTON O POETA

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

**** POESIA QUE ME VICIA

           NAS  IDEIAS QUE  CORREM NO PAPEL
NO VERSO 
NA  PROSA
NO IMPROVISO
NAS  RIMAS  SEM  AVISO
NO CANTO NO MEIO
SEM RECEIO , SEM INTENÇÃO
AS  VEZES  
ACERTA  O CORAÇÃO
NA  COMPOSIÇÃO SIMPLES 
OU COMPLEXA
NA  LIBERTAÇÃO DA  IDEIA 
DA  INSPIRAÇÃO
DOS SENTIMENTOS SENTIDOS
DOS  SENTIDOS FERIDOS
DESCREVENDO A VIDA
NA  POESIA 
QUE  ME  VICIA 

terça-feira, 6 de agosto de 2013

**** ALEGRIA EM AMAR .. IMP

    GOSTEI !
ATE APOSTEI.
TENHO AINDA A MARCA DE SEU DENTE EM MEU  PEITO
SUAS  UNHAS EM MINHAS  COSTAS
SEU JEITO
AINDA  ME ATIÇA
ENFEITIÇA
SEM AVISO.. 
VEM O PRAZER
 VOA
ME ATORDOA
FEITO DEUSA
SEM  LIMITE 
ME ASSANHA
E RESSUSCITA
A ALEGRIA DE AMAR 

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

**** CHEGANDO;; IMP

           CHEGANDO


 NÃO SE AFASTE
CONTAGIE
VIGIE  A MINHA  DOR 
ESTEJA! SE EU MERECER
FUJA ! SE EU DUVIDAR
POSSO CHORAR 
SÓ PARA TE VER  SORRIR
E NÃO FECHE A PORTA
POSSO NÃO CONSEGUIR ABRIR
ABRA A JANELA , POSSO QUERER  ENTRAR
E SE CHEGAR ANTES A FELICIDADE
SÓ DIGA ....
QUE ESTOU CHEGANDO 

AUTOR ; AILTON O POETA

Seguidores

PERTO DE DEUS

PERTO DE DEUS
VIDA

Arquivo do blog

POETA DOS POETAS

Minha foto

AMO A ARTE  EM TODA  PARTE  , NAS  LETRAS  NAS  TINTAS  , VIVO  A  ESCREVER  E  A PINTAR  A  VIDA  ,